Alzheimer: choque elétrico estimula cérebro e traz parte da memória de volta

crebrocrebro

Uma equipe da University of Toronto, no Canadá, está usando uma técnica conhecida como Estimulação Cerebral Profunda para trazer de volta a memória e fazer crescer regiões do cérebro deterioradas por doenças como Mal de Parkinson, Síndrome de Tourette e depressão.

Eles usam eletrodos e dão pequenas cargas de eletricidade, ou choques, perto das regiões afetadas do cérebro, que precisam ser estimuladas.

Em dois pacientes, o processo de deterioração da área do cérebro, associada à memória, foi revertido e a região cerebral voltou a crescer.

As conclusões do estudo foram anunciadas durante uma conferência da Society for Neuroscience em Washington, nos Estados Unidos, em novembro, mas ainda não foram publicadas.

No Mal de Alzheimer, a região do cérebro conhecida como hipocampo é uma das primeiras a encolher.

Nela funciona o centro de memória, que converte lembranças de curto prazo em memória de longo prazo.

Danos a essa região produzem alguns dos primeiros sintomas do Mal de Alzheimer: perda de memória e desorientação.

O chefe do estudo, Andres Lozano, disse à BBC que o encolhimento do hipocampo em pacientes com Alzheimer é em média 5% ao ano.

Após 12 meses de estimulação, um dos pacientes teve um aumento de 5% e, outro, 8%.

“Quão importantes são esses 8%? Imensamente importantes. Nunca vimos o hipocampo crescer em (pacientes com) Alzheimer em nenhuma circunstância”, disse Lozano à BBC. “Foi uma descoberta incrível para nós”.

Em relação aos sintomas, o especialista disse: “Um dos pacientes está melhor após um ano de estimulação do que quando começou, então seu Alzheimer foi revertido, digamos assim”.

Detalhes na BBC.
.

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.