Jovem do Canadá paga poços e leva água pra 500 mil crianças da África

ryan_africaryan_africa

Essa história é a prova de que uma criança pode mudar o mundo.

Ryan Hreljac, hoje com 21 anos, nasceu no Canadá em maio de 1991.

Conheceu aos 6 anos, na escola, a situação das crianças da África.

Soube que várias morriam de sede e ficou mutio comovido.

O menino perguntou quanto custaria para levar água a eles.

A professora disse que um pequeno poço poderia custar cerca de 70 dólares.

Ryan pediu o dinheiro para a mãe e fez trabalhos domésticos para conseguir a mesada.

Quando reuniu os 70 dólares e pediu à sua mãe que o acompanhasse à sede da WaterCan para comprar seu poço para os meninos da África.

Lá desobriu que o custo real da perfuração de um poço era de 2.000 dólares.

Sabendo que a mãe náo teria tanto dinheiro pra lhe dar, Ryan prometeu voltar e arregaçou as mangas.

Convenceu amigos, vizinhos e parentes de todo o bairro onde morava, e com serviços prestados conseguiu os 2 mil dólares.

Ryan voltou triunfante a WaterCan para pedir seu poço, que foi perfurado em janeiro de 1999 em uma vila ao norte de Uganda.

Começa alí um trabalho humanitário que não parou mais e cresce até hoje.

Ryan não parou de arrecadar fundos e de viajar o mundo buscando apoios.

Em 2000 ele conseguiu viajar para conhecer de perto o povoado onde havia sido perfurado seu poço.

Foi recebido com festa e ficou supreso ao saber que todos lá sabiam seu nome: Ryan!

Hoje ele tem sua própria fundação, a Ryans Well Foundation.

Conseguiu levar mais de 400 poços à África e ensina os nativos a cuidar dos poços e da água.

Conheça aqui o site do menino – que hoje é um homem feito – ele que acreditou em seu sonho e já fez diferença na vida de meio milhão de crianças.

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.