Câncer de pele: anunciada a primeira pomada eficaz para tratar melanoma e carcinoma

melanomamelanoma
Pesquisadores da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos, desenvolveram uma pomada capaz de tratar o câncer de pele.
O produto penetra nas células e ‘desliga’ apenas os genes específicos responsáveis pelo surgimento dos tumores.

Os resultados foram publicados nesta segunda-feira no periódico Proceedings of National Academy of Sciences (PNAS).

A pomada tem substâncias de espessura mil vezes menor do que a de um fio de cabelo, desenvolvidas por meio da nanotecnologia, por isso, mesmo sendo um produto de uso tópico, ela consegue atingir as camadas mais profundas da pele e  enganar o sistema de defesa do nosso corpo contra agentes externos.
O material utilizado pelos pesquisadores foi um RNA (ácido núcleico) modificado.
Ácidos nucleicos normais não conseguem penetrar nas células.
Os que foram usados pelos pesquisadores ficam em volta de uma nanopartícula de ouro, como uma concha, programados para atacar os genes que provocam o câncer de pele.
Após um mês de aplicação da pomada na pele de camundongos e em amostras de epiderme humana, os cientistas observaram que os testes foram bem-sucedidos e não demonstraram efeitos secundários negativos.
A pomada, explicam os pesquisadores, tem como objetivo inicial tratar o melanoma e o carcinoma de células escamosas, os dois tipos mais comuns de câncer de pele.
Detalhes na Exame.

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.