Papai Bonito aos 40: em forma para os 15 anos da filha

Fotos: arquivo pessoalFotos: arquivo pessoal

Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa.

Papai Bonito aos 40. Esse é desejo que virou meta do empresário Rodrigo Barreto, de 34 anos, de Brasília, no Distrito Federal.

A história de ficar saradão começou na época da gravidez da filha dele. A então mulher de Rodrigo engordou 13 kg e ele 23Kg.

Com 1,75 de altura, ele bateu nos 99 kg, irreconhecível.

Logo ele, que se formou em educação física e publicidade. Rodrigo não aceitou a mudança.

“Quando a Luiza estava para nascer eu me olhei no espelho e me perguntei como eu iria brincar com ela? Não conseguia correr 5min. (rs) Me preocupei em qual exemplo iria querer ser para ela”, disse Rodrigo ao SóNotíciaBoa.

Foi então que ele decidiu que iria ficar bonitão para a festa de 15 anos da filha, que hoje tem 8.

Primeira vitória

1 ano depois da promessa Rodrigo tinha perdido 15 kg, sem remédio: só com malhação 4 vezes por semana e alimentação de 3 em 3 horas, com ajuda de um nutricionista.

O empresário cortou os chamados carboidratos com alto índice glicérico: pão, arroz branco, massas, e a pizza que ele tanto gosta. Mesmo assim não conseguiu baixar o peso além dos 82 kg.

Segunda vitória

Em 2012 ele passou a seguir um regime ainda mais rigoroso: “Dieta hiperproteica baseada em atum, omeletes de clara, carne moída de patinho, peito de frango, batata doce, mandioca, castanhas, saladas e etc… A mudança foi absurda”, lembra o empresário.

Nos 3 primeiros meses foi bem rigoroso mesmo. Só uma vez por semana ele saía da dieta, a chamada “refeição off”.

“Exemplo: amo pizza e normalmente comia 8 fatias. Na refeição off comia 2 fatias, no máximo”, conta.
Os treinos aumentaram para 6 vezes por semana na academia: aeróbico pela manhã e musculação na hora do almoço.

Deu certo:
“De 92kg e 18% de gordura baixei para 80kg e 5%”, comemora.
Em 2011 o empresário se separou da mulher, foi morar só e começou a comer fora com a filha.

Foto: arquivo pessoal

Foto: arquivo pessoal

Terceira vitória

Foi quando começou a cozinhar, olhando receitas na internet, e a adaptar os pratos conforme a dieta dele.

A filha, Luiza, adorava as comidas. “Sou pai, empresário, cozinho, cuido da minha casa, cuido da Luiza sozinho. Tento ser o super-herói dela”, diz o empresário, que acorda às 5 da manhã para dar conta de tantos afazeres.

Quarta vitória

Em janeiro de 2013, já sarado, Rodrigo criou a hashtag #PapaiBonitoAos40 e abriu uma conta no Instagram, onde posta seus pratos bonitos, saudáveis e gostos, além de fotos bem humoradas, com o corpo trincado.

Resultado: além da filha, ganhou incentivo e admiração de um público de 3,2 mil seguidores no Facebook, para manter o estilo de vida saudável.

“As pessoas gostam de exemplos. E é diferente porque sou homem. Um homem fazer tudo sozinho é incomum”, constata.

Qual o recado de Rodrigo para que quer seguir o exemplo dele?

“Eu acredito que para alcançar qualquer objetivo você precisa de organização e estipular metas… Estar sarado não deve ser objetivo e sim estar bem e com saúde. Padrões de beleza estão adoecendo as pessoas. Elas só pensam nisso”, alerta.

 

Foto: arquivo pessoal

Foto: arquivo pessoal

Cantadas

Vaidoso, ele diz que a beleza não está só no corpo sarado:  “Estou mais bonito não pelo corpo e sim pela vida que conquistei com as metas que busquei… a beleza é um bem estar físico completo: corpo/alma/mente”, analisa.

Cantadas? Claro que rolam, mas ele diz que não usa a internet para flertar.

Fotos: arquivo pessoal

Fotos: arquivo pessoal

Atualização

Agora em 2016, quase 2 anos após essa matéria, voltamos a entrevistar o Rodrigo. E ele disse:

“Eu refleti muito depois dessa matéria (exibida em 2014) e vi que a gente não deve ser só um projeto de beleza, de estética, mas sim um projeto de construção de um ser humano melhor, porque a Luiza é o meu melhor projeto”.

Para ver outras fotos do Rodrigo e dos pratos dele siga #PapaiBonitoAos40 no Instagram: clique aqui e no Facebook aqui.

Com informações do SóNotíciaBoa

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.