Revista Evoke: SóNotíciaBoa “constrói um novo jornalismo”

Foto: reprodução / Revista EvokeFoto: reprodução / Revista Evoke

Por Andréa Fassina, da redação do SóNoticiaBoa.

O SóNoticiaBoa ganhou um presente lindo neste mês de aniversário de 5 anos: uma reportagem muito simpática, de quase 3 páginas, na revista Evoke, de Brasília.

Na edição de número 10 da revista, a repórter Basília Rodrigues contou de um jeito simples e emocionante o presente, o passado e o futuro que vislumbramos para o SóNotíciaBoa.

Com a manchete “Eu quero Só Notícia Boa”, a matéria explica como fazemos e organizamos o site.

Fala também da aceitação do portal no mercado publicitário, que já começou a compreender a chegada desse novo tipo de jornalismo no Brasil – que aliás já existe há anos em outros países.

E conclui desconstruindo a velha máxima de que só notícia ruim da ibope:

“Mentira. Mentira, repito, mentira!… disse à revista Rinaldo de Oliveira, o criador do site, lembrando que o SóNotíciaBoa tem leitores em mais de 120 países e já ultrapassou a marca crescente de 1 milhão de acessos por mês.

“Essa ideia de que o jornalismo trash é o que vende, é uma ideia de uma imprensa opressora, que quer deixar as pessoas cada vez mais tristes, mais pra baixo, pra que elas não possam criar, se desenvolver, [tenham medo de] sair nas ruas…. As pessoas querem ler notícias boas. Elas gostam”, conclui Rinaldo.

Rinaldo de Oliveira clicado por André Zimmerer

Rinaldo de Oliveira clicado por André Zimmerer

As belas fotos da reportagem são de André Zimmerer.

Agradecemos à revista Evoke pelo espaço, pela visão… e à repórter Basília Rodrigues pelo carinho com a gente e com esse jeito diferente, positivo, de fazer jornalismo. 🙂

Foto: reprodução / Revista Evoke

Foto: reprodução / Revista Evoke

A revista

A revista Evoke tem tiragem de 30 mil exemplares. É distribuída gratuitamente no comércio, academias, hospitais e clínicas das regiões nobres de Brasília.

Da redação do SóNotíciaBoa

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.