Advogadas abrem escritório para ajudar mulheres: violência

Marina Ruzz e Ana Paula Bragai – Foto: Marcos Santos/USP ImagensMarina Ruzz e Ana Paula Bragai – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Duas ex-alunas de direito decidiram abrir um escritório de advocacia para atender e acolher mulheres que sofreram, ou sofrem ainda, qualquer tipo de violência.

Ana Paula Braga e Marina Ruzzi, que estudaram na Faculdade de Direito da USP querem fazer a diferença na luta pela igualdade de gênero.

O trabalho das advogadas envolve, principalmente, casos de violência doméstica, violência sexual, direito de família, pensão alimentícia e direito trabalhista.

Continue Lendo