Papa diz que o “humor” é atitude mais próxima de Deus

Foto: Tony Gentile/ReutersFoto: Tony Gentile/Reuters

O Papa Francisco mandou um recado direto para pessoas – religiosas ou não – que vivem de mal com a vida, ranzinzas, que encontram defeito até o no que é bom.

“A atitude humana mais próxima à graça de Deus é o humor”, disse Francisco durante um encontro com jesuítas no Vaticano, segundo informou o padre Antonio Spadaro.

O Papa ainda destacou que a “alegria é o que constitui a mensagem evangelizadora” porque “uma boa notícia não pode ser dada com o rosto triste”.

“A alegria não é um ato decorativo, mas um claro índice da graça. Indica que o amor está ativo, operante e presente. Para quem vai buscá-la, não pode confundir-se com um efeito especial que a nossa época sabe produzir por exigência de consumo. Mas, deve buscá-lo em sua essência que é a permanência”, destacou.

Aos religiosos, que são da mesma Ordem religiosa que Jorge Mario Bergoglio, o líder católico afirmou ainda que a “misericórdia não é uma palavra abstrata, mas um estilo e vida que coloca a palavra depois dos gestos concretos”.

Com informações do UOL

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.