Mãe empresta barriga para filho e marido dele: tiveram gêmeos

Foto: Wendel CastroFoto: Wendel Castro

Os gêmeos Pedro Henrique e João Lucas, completaram três meses no último dia 5 de janeiro. São lindos!

Eles nasceram de uma senhora de 58 anos, que emprestou a barriga para o filho dela e o marido dele.

Luiz Aranha e Gustavo Salles, casados há cinco anos, não conseguiam adotar uma criança.

Pensando na felicidade deles, a mãe de Luiz, Ana Maria Aranha, se ofereceu para servir de barriga solidária para o casal e teve gêmeos

“Eu e o Luiz procuramos uma clinica especializada em fertilização em Campinas. Aí a médica fez os exames na minha sogra e viu que ela tinha condições de ter uma gravidez normal e a gente seguiu com tratamento”, contou o analista de marketing Gustavo ao G1.

Os embriões de Gustavo e Luiz foram inseminados em um óvulo de uma doadora desconhecida, disse.

“O óvulo não é da minha sogra, é de uma doadora anônima, porque pela lei não pode ser ninguém conhecido do casal”.

Ele conta que a gestação de Ana Maria foi tranquila.

‘Foi uma gravidez tranquila, ela só teve diabetes gestacional, mas foi controlada só com cuidados com a alimentação. Ela também teve que fazer um repouso normal que uma gravidez de gêmeos requer, mas do resto foi tudo tranquilo’, relata.

Família

Feliz por realizar o sonho da paternidade, Gustavo diz que a vinda dos gêmeos só uniu mais ainda a família.

“Eles aproximaram a gente e a família. Eu agora tenho motivo para sorrir de manhã até a noite, mesmo quando tenho um problema. Por causa deles, sempre terei um motivo para sorrir”, declara.

Preconceito

Moradores de Capivari (SP), Gustavo e a família não enfrentaram preconceito, até agora, na cidade. A única resistência veio por parte da comunidade evangélica, a qual Ana Maria faz parte.

“Ela foi até o líder da igreja e falou para ele que ela ia fazer e ele disse que não era certo”. Mas ela sentiu que no coração dela era certo e resolveu fazer’, conta o analista.

Foto: Wendel Castro

Foto: Wendel Castro

Com informações do G1

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.