França descobre nova molécula que pode tratar Alzheimer

Foto: Getty Images/Andrew Bret Wallis/Andrew Bret WallisFoto: Getty Images/Andrew Bret Wallis/Andrew Bret Wallis

Esperança para familiares e pacientes com Alzheimer.

Um estudo divulgado por duas equipes de pesquisadores do Inserm, o Instituto de Saúde e Pesquisa Médica da França, descobriu uma nova molécula chamada Interleucina 2.

Trata-se de uma proteína do sistema imunológico que ativa a proliferação dos linfócitos reguladores, que controlam a resposta do organismo a uma inflamação.

Continue Lendo

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.