Arena ociosa desde a Copa do Mundo vira escola pública

Arena Pantanal - Foto: WikipediaArena Pantanal - Foto: Wikipedia

O governo do Mato Grosso deu o exemplo! Arrumou uma ótima forma para aproveitar a ociosa e cara Arena Pantanal, em Cuiabá.

Parte do estádio construído para a Copa do Mundo de 2014 – que consumiu oficialmente de 616 milhões de reais – virou escola pública.

Dez, dos 97 camarotes, ganharam utilidade e estão sendo usados como sala de aula para os estudantes, com um conforto que eles certamente não tinham antes.

Lá tem ar condicionado, piso de madeira, televisores… fora a estrutura da arena com piscina, ginásio e quadra de areia para a garotada usar.

No total, 315 alunos estão aproveitando a arena para estudar e depois da aula eles fazem práticas esportivas no local.

Ociosa

A Arena Pantanal, como dissemos a cima, gastou 616 milhões de reais para ser palco de apenas 4 jogos da Copa do Mundo.

Depois disso o estádio recebeu 163 partidas, uma média de apenas 4 jogos por mês e com público baixíssimo.

Os campeonatos regionais arrastam no máximo mil pessoas por jogo.

E os gastos com a manutenção do estádio não param. Todo mês são gastos 600 mil reais.

Ao menos agora o elefante branco terá uma boa utilidade, sem prejudicar as partidas.

“Quando tiverem jogos de grande porte, vai ser reversível. Tem condições de retirar as cadeiras e transformar o camarote para os jogos. Não vai atrapalhar em nada”, garantiu Leonardo Oliveira, secretário estadual de Esportes e Educação do Mato Grosso, à TV Globo.

Ótima ideia para ser copiada por outros Estados, que gastaram verdadeiras fortunas em arenas que na maioria dos dias ficam fechadas, quase sem uso.

#AprendeBrasil

Sala de aula na Arena Pantanal - Foto: reprodução / TV Globo

Sala de aula na Arena Pantanal – Foto: reprodução / TV Globo

Com informações do G1

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.