Remédio de R$ 3 evita que mães morram de hemorragia

Foto: PixabayFoto: Pixabay

Um remédio barato, descoberto por um casal japonês na década de 1960, pode impedir a morte de pelo menos 30 mil mulheres por ano, vítimas de sangramentos intensos, a chamada hemorragia pós-parto.

A droga, que poderia estar salvando vidas há 50 anos, foi rejeitada na época. Ninguém queria testá-la.

Agora a revista científica Lancet revelou: pesquisadores da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres confirmaram que o ácido tranexâmico é eficaz para inibir a dissolução de coágulos no corpo e estancar sangramentos.

Continue Lendo