Surfista que parou ataque cibernético doa sua recompensa

Marcus Hutchins - Foto: AP/Frank AugsteinMarcus Hutchins - Foto: AP/Frank Augstein

O jovem britânico, que freou o ataque cibernético internacional, anunciou que vai doar para caridade e educação os 10 mil dólares – quase 22 mil reais – que recebeu como prêmio pela façanha.

O surfista de 22 anos, que atende pelo pseudônimo MalwareTech, acabou com a propagação do vírus ativando o “kill switch”, na semana passada, após o ataque cibernético ter chegado a mais de 100 países.

O prêmio em dinheiro foi oferecido a ele pela HackerOne, uma organização que premia os técnicos de segurança online para detectar e destruir bugs e malware.

Continue Lendo