Técnica brasileira devolve movimentos a vítimas de AVC

Microcateter introduzido na artéria cerebral - Foto: ReproduçãoMicrocateter introduzido na artéria cerebral - Foto: Reprodução

A USP, Universidade de São Paulo, desenvolveu uma técnica capaz de reduzir sequelas e devolver movimentos a pacientes que tiveram AVC, acidente vascular cerebral.

O chamado de cateterismo cerebral, foi criado por especialistas da Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto (SP).

A técnica é capaz de reduzir quase que totalmente sequelas como a paralisia facial e a perda de alguns movimentos.

Continue Lendo