Violinista com paralisia volta a tocar com tecnologia de brasileiro

Reprodução Foto: Volvo/Sky AtlanticReprodução Foto: Volvo/Sky Atlantic

Voltar a tocar mesmo sem andar, falar ou se expressar. Uma violinista que perdeu os movimentos depois de um acidente de carro há 30 anos voltou a tocar graças a uma tecnologia com ondas cerebrais.

A técnica foi desenvolvida por um brasileiro, o professor Eduardo Miranda, da Universidade de Plymouth, na Inglaterra.

Há anos ele faz pesquisas que combinam música, computação e biologia pra que pessoas com deficiência possam se expressar musicalmente.

Continue Lendo