Bebida da Amazônia melhora depressão e alcoolismo, diz estudo

Foto: ReproduçãoFoto: Reprodução

Um estudo realizado pela Universidade de Exeter e College London, no Reino Unido mostra que a ayahuasca, bebida tradicional de povos da Amazônia, tem efeitos que melhoram o bem-estar das pessoas e pode servir de tratamento para alcoolismo e depressão.

Ela é feita com duas plantas nativas da floresta: o cipó Banisteriopsis caapi (mariri ou jagube) com as folhas do arbusto Psychotria viridis (chacrona ou rainha).

Os cientistas descobriram que usuários da ayahuasca relataram menos problemas com o uso de bebidas do que pessoas que usam LSD e cogumelos mágicos, drogas reconhecidas pelo combate ao vício em álcool.

Continue Lendo