Fruto da Amazônia pode baratear tratamento da leishmaniose

Foto: Luciete Pedosa - Ascom InpaFoto: Luciete Pedosa - Ascom Inpa

Um fruto que vem da Amazônia, usado por ribeirinhos, pode ser a chave para baratear e simplificar o tratamento da leishmaniose, uma doença cruel que causa lesões renais, hepáticas, cardíacas e mata cães e seres humanos.

Um grupo de pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) testa um creme fitoterápico à base do jucá (Libidibia ferrea) como terapia alternativa às dolorosas injeções para tratar contra a leishmaniose do tipo tegumentar (LT).

Os testes iniciais com o creme, em roedores, tiveram sucesso.

Continue Lendo