HC faz transplante inédito de fígado em mulher com febre amarela

Foto: USP ImagensFoto: USP Imagens

O Hospital das Clínicas de São Paulo fez um transplante inédito de fígado, em caso de hepatite fulminante provocada por febre amarela.

Nessas situações, o órgão do paciente é atacado pelo vírus e entra em falência total em poucos dias, como aconteceu com a engenheira Gabriela Santos da Silva, de 27 anos, que teria sido infectada pela doença em uma viagem a Mairiporã.

Ela é um dos casos de febre amarela registrados na Grande São Paulo e só não evoluiu para morte rápida graças ao transplante, inédito no mundo.

Continue Lendo