Menina que provocou fila para doação de medula tem alta do hospital

Júlia com os pais - Foto: Arquivo pessoal / Adriana AbrameJúlia com os pais - Foto: Arquivo pessoal / Adriana Abrame

Lembra da menina que provocou um fila enorme para doação de medula óssea no final do ano passado, porque “não aguentava mais fazer quimio”? – Releia aqui – Deu tudo certo e a pequena Júlia Abrame de Oliveira teve alta do hospital esta semana.

Moradora de Tatuí, interior de São Paulo, ela estava internada desde fevereiro no hospital Santa Marcelina, na capital, onde passou por um transplante de medula óssea. Como a família não encontrou um doador 100% compatível, o transplante foi feito com o pai, que tem o órgão com 50% de compatibilidade.

Boa notícia veio no dia 28 de fevereiro: a família foi informada pela equipe médica que o procedimento “foi um sucesso” e a medula nova “pegou” no corpo da Júlia.

Continue Lendo