Venda de objetos de Renato Russo ajuda Retiro dos Artistas

Foto: Reprodução VejaFoto: Reprodução Veja

O poeta do rock continua movimentando vidas. Um leilão de objetos de Renato Russo rendeu R$ 70 mil ao Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro.

O evento beneficente colocou à venda mais de 200 objetos entre roupas, móveis, LPs, livros e itens de decoração, mesmo com a disputa pelos bens entre familiares do cantor.

O leilão que arrecadou 60 mil reais foi no último sábado, graças a doações do filho de Renato, Giuliano Manfredini.

A assessoria de imprensa da instituição explicou que os objetos que não foram arrematados no evento permanecem disponíveis para compra em um bazar permanente do retiro, e já renderam mais 10.000 reais.

O leilão desagradou a família de Renato Russo.

Briga em família

Carmem Teresa Manfredini, irmã do vocalista do Legião Urbana, publicou uma carta aberta relatando que a família recebeu com tristeza a notícia da doação dos bens do cantor, e alegou que o sobrinho cortou relações com a família há cerca de dois anos.

Segundo ela, Giuliano chegou a trocar as fechaduras da porta do apartamento que pertencia a Renato e abrigava seus pertences.

Diante do relato, Dinho Ouro Preto, vocalista da banda Capital Inicial e amigo pessoal da família do cantor, chegou a se oferecer para comprar todos os itens a venda e retorná-los a mãe de Renato.

Outro lado

A administradora do Retiro dos Artistas, Cida Cabral, explicou que o herdeiro do cantor procurou a instituição em novembro para oferecer pertences do pai.

“Na época, ele contou ser um admirador do trabalho que fazemos para a classe artística”, contou ela, que se disse surpresa com as discussões entre a família do cantor.

“Todo o legado artístico e intelectual está preservado no acervo do MIS”, defende.

O Retiro dos Artistas abriga hoje cerca de 50 idosas em situação vulnerável na capital fluminense, e vive de doações e trabalho voluntário.

Com informações da Veja

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.