Pedalar em São Paulo dá economia de tempo e dinheiro

Foto: PixabayFoto: Pixabay

Muito paulistano não sabe, mas 31% das viagens feitas de ônibus em São Paulo poderiam ser feitas de bike. E das viagens de carro, 43% poderiam ser realizados pedalando.

É o que revela o estudo “Impacto Social do Uso da Bicicleta em São Paulo”, realizado pelo Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), a pedido do Itaú Unibanco.

Os pesquisadores identificaram os deslocamentos por automóveis e ônibus que poderiam ser substituídos por bicicleta, considerando como “viagens pedaláveis” aquelas com até 8 quilômetros de distância realizadas entre 6h e 20h por pessoas com até 50 anos de idade.

Continue Lendo