Ovário artificial pode ajudar mulheres a ter filhos após quimio

Foto: Biblioteca de Fotos de Ciências/Manfred KageFoto: Biblioteca de Fotos de Ciências/Manfred Kage

Cientistas criaram um ovário artificial que vai poder ajudar as mulheres que ficaram inférteis, após o tratamento do câncer.

Pesquisadores do Rigshospitalet, em Copenhague, na Dinamarca, recolheram o tecido ovariano de pacientes com câncer e retiraram as células.

Eles então transplantaram essa estrutura para camundongos e descobriram que ela poderia suportar a sobrevivência e o crescimento dos folículos.

Vinte folículos foram transplantados e um quarto deles sobreviveram por pelo menos três semanas.

“Esta é a primeira vez que folículos humanos isolados sobreviveram em um esqueleto humano decelularizado”, disse Susanne Por, que apresentou o trabalho na reunião anual da Sociedade Européia de Reprodução Humana e Embriologia (ESGRE), em Barcelona.

Histórico

Os tratamentos contra o câncer podem danificar os ovários, bloqueando a produção de óvulos e impossibilitando a gravidez.

Mulheres diagnosticadas com câncer podem ter seus óvulos congelados e alguns casos, os médicos podem remover ou congelar parte do ovário para re-transplante após o tratamento.

Mas, existe o risco de reintroduzir as células cancerígenas, porque alguns tipos de câncer podem se espalhar para os ovários. Um “ovário artificial” poderia reduzir esse risco.

Futuro

Nick Macklon, diretor médico da London Women’s Clinic, disse que o ovário artificial é incrível mas, serão necessárias mais pesquisas para que seja utilizado em humanos.

Stuart Lavery, consultor de ginecologia doc, disse que, se isso se mostrar eficaz, vai oferecer enormes vantagens sobre a fertilização in vitro e o congelamento de óvulos.

“Como potencialmente esses pequenos pedaços de tecido terão milhares de ovos e claramente se funcionar, há a vantagem de engravidar à moda antiga”, diz Lavery.

Os ovários artificiais também poderiam um dia ajudar a aliviar as mulheres de alguns dos sintomas da menopausa.

Com informações da NewScientist

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.