Ultrassom pode tratar câncer de próstata sem efeito colateral

Foto: Reprodução Daily MailFoto: Reprodução Daily Mail

Um tratamento com ultrassom se mostrou tão eficaz quanto a cirurgia, ou a radioterapia, contra o câncer de próstata. E mais: sem efeitos colaterais.

É o que mostra uma pesquisa feita por Hashim Ahmed, do Imperial College London, na Inglaterra.

“Este último teste sugere que podemos ser capazes de combater o câncer com menos efeitos colaterais”, afirmou o cientista.

Neste novo tratamento, o risco de desenvolver incontinência urinária e disfunção erétil é de apenas dois por cento.

Cinco anos depois, os pacientes que receberam o ultrassom em suas próstatas estão vivos, segundo o estudo.

A pesquisa

Os pesquisadores analisaram 625 homens com idade média de 65 anos, que foram diagnosticados com câncer de próstata.

Todos receberam tratamento de ultrassom focalizado de alta intensidade (HIFU), em seis hospitais do Reino Unido.

Os cientistas também rastrearam os homens que precisaram de mais terapias após o HIFU para tratar qualquer célula cancerígena que retornasse.

Os resultados sugerem que 10 por cento dos pacientes tiveram tratamento adicional cinco anos depois.

Isto é comparável à cirurgia e radioterapia, onde entre cinco e 15 por cento precisam de tratamento adicional.

O participante do estudo, Anthony Murland, 67 anos, de Suffolk, fez o tratamento em novembro passado para tratar o câncer de próstata.

Ele disse:

“Gostei do tratamento. Parecia a opção menos invasiva, com baixo risco. O tratamento acabou em um dia. Eu entrei de manhã e saí à noite. Eu não tive dor, mas precisei de um cateter por cinco dias, o que foi um pouco desconfortável. Sou monitorado de perto pelo meu médico e até agora o câncer não voltou”.

Com informações do Daily Mail

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.