Pratos e talheres feitos de trigo: comestíveis e ecológicos

Foto: reprodução / BiotremFoto: reprodução / Biotrem

Acabou de comer e ainda sente fome? Coma o seu prato e se ainda quiser, os seu talheres também!

A Biotrem, fabricante de Varsóvia, na Polônia está produzindo mais de 10 milhões de peças de talheres e talheres descartáveis, biodegradáveis e comestíveis .

A louça de mesa é feita de farelo de trigo, um recurso sustentável à base de plantas que está disponível em muitas regiões do mundo.

Os talheres são feitos de bioplástico de PLA, totalmente biodegradável e farelo de trigo.

Ecológicos

Os produtos descartáveis da Biotrem são uma alternativa à maioria dos utensílios descartáveis feitos de plástico, papel e até mesmo alguns produtos bio-processados quimicamente.

Eles são compostáveis, ou seja, se decompõe em apenas 30 dias.

Os pratos farelo de trigo pode ser usados para servir refeições quentes e frias, sólidas e líquidas.

Eles foram testados e certificados e são seguros ao entrarem em contato com alimentos.

Podem ser usados em fornos convencionais, ou microondas, em piquenique, bares, durante eventos ao ar livre ou até mesmo em restaurantes.

A ideia

A ideia de usar farelo de trigo vem do final da década de 1990 para Jerzy Wysocki, cujo negócio de moagem da família remonta ao início do século XX.

A Wysocki estava procurando usos para farelo de trigo, um subproduto no processo de moagem de grãos de trigo, além de ração animal ou composto.

O negócio de moagem familiar era pequeno e não podia competir com grandes usinas que assumiram o mercado no final dos anos 90 e início dos anos 2000.

Ele desistiu de moagem tradicional e apostou tudo no novo modelo.

Preço

O preço do Biotrem pode ser alto demais para algumas pequenas empresas – US $ 5, cerca de 18 reais ou por um pacote de 10 placas e US $ 30, cerca de 110 reais por um pacote de 100 unidades.

O responsável pelo marketing da Biotrem, Artur Bednarz, disse que a comparação não é com utensílios típicos de papel ou de plástico, mas com o preço de outros utensílios de mesa, com os quais a Biotrem está “praticamente no mesmo nível”.

A Biotrem espera que os preços caiam à medida que a produção aumente.

O plano de negócios de longo prazo da Biotrem está espalhando a tecnologia para fora da Polônia, o que deve reduzir os custos de produção, disse Bednarz.

Os distribuidores europeus – como grandes atacadistas da República Tcheca e da Eslováquia – estão encomendando “quantidades realmente grandes”, segundo Bednarz.

E o material vem sendo usado principalmente em lanchonetes, restaurantes, organizadores de eventos e bufês.

Foto: Biotrem

Foto: Biotrem

pratos_comestivevis3

A empresa gastou mais de 5 milhões de euros em pesquisa e desenvolvimento até o momento, incluindo o apoio da União Europeia e autoridades locais.

A Biotrem acaba de comprar sua primeira distribuidora americana, a Veri Food, de Coral Gables, na Flórida.

“Estamos vendendo tudo o que a Biotrem produz. Está indo bem”, disse Roberto Cavallini, gerente de marketing da Veri Food. “É como o cereal [de Kellogg] que você come no café da manhã.”

Veja como eles são feitos:

Com informações da CNBC e Biotrem

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.