Gay rejeitado pelos pais ganha R$ 430 mil de desconhecidos para estudar

Seth Owen - Foto: reprodução / GoFundmeSeth Owen - Foto: reprodução / GoFundme

Acredite: ainda existem pais que põe filhos pra fora de casa por serem gays! Mas acredite também no outro lado: existem pessoas desconhecidas generosas, compreensivas, que respeitam e estendem a mão a esses jovens.

Foi o que aconteceu com Seth Owen, de 18 anos, que mora em Jacksonville, na Flórida, EUA.  Filho de pais evangélicos, ele foi obrigado a fazer um ano de terapia de conversão gay – uma prática “prejudicial” criticada pela Associação Médica Americana por ter “falta de credibilidade científica”.

E os pais deram um ultimato a Seth: disseram que adolescente teria que continuar freqüentando a igreja Batista – que atacou sua orientação sexual e a comunidade LGBTQ – ou teria que sair de casa.

Continue Lendo