Pão de queijo com queijo suíço. brasileira conquista Zurique

Pascal e Marcela Höchli - Foto: divulgaçãoPascal e Marcela Höchli - Foto: divulgação

A brasileira Marcela Höchli e o marido dela, que é suíço, adaptaram a receita do pão de queijo brasileiro, levaram para a Suíça e estão fazendo sucesso em Zurique e outros 4 cantões como, Baseleia, São Galo e Lucerna.

Eles criaram um pão de queijo gourmet: “O nosso pão de queijo usa queijo suíço e polvilho brasileiro”, contou Marcela em entrevista ao SóNotíciaBoa.

A ideia deu certo e chamou a atenção no país. Eles se inscreveram, foram aprovados e vão apresentar o produto em setembro numa grande feira gourmet em Zurique: “na Gourmesse, onde só se apresentam produtos de alto nível. É um grande e ousado passo para nós, levar a cultura brasileira para os mais refinados paladares suíços”, disse.

Duro era fazer os suíços falarem “pão de queijo”, então eles tiveram uma ideia: renomear o produto pelas iniciais das palavra: PdQ.

“A nossa marca é PdQ, porque para o Suíços falarem “pão de queijo” é impossivel, então brincamos com a sigla, que é a marca do nosso pão de queijo”, revela.

História

Marcela Höchli é de Taubaté, no interior de São Paulo. Ela tem 40 anos, é formada marketing, tem MBA em gestão estratégica na USP e especialização em gestão da inovação também na USP. Trabalhou no SENAI, na área administrativa.

Desde criança ela faz pão de queijo com a família.

“Com o passar dos anos eu fui trabalhando a receita até chegar numa versão gourmet, eu usava queijo da Serra da Canastra e Parmesão, que um Senhor trazia de Minas, então vendia para amigos, familiares e colegas de trabalho no Brasil”, lembra.

O marido dela, Pascal Höchli, também de 40 anos, é técnico em telecomunicações. Ele montou um supermercado no Brasil, onde morou durante três anos, quando eles se conheceram pela internet, em 2012.

“A semente da empresa começou a surgir quando eu e meu marido nos conhecemos. Ele sentia falta de um bom pão de queijo aqui, ele já não morava mais no Brasil. E como os suíços amam queijo e têm ótimos queijos, pensamos, porque não trazermos o pão de queijo, mas com queijo Suíço?”, lembra.

Foram dois anos de planos até eles abrirem em janeiro deste ano a fábrica de pão de queijo na Suíça, a Paneback.

“Recebemos muitos elogios pela qualidade do nosso Pão de queijo, que tem pedacinhos de queijo suíço.
A família do meu marido se apaixonou pelo pão de queijo e todos resolveram embarcar conosco. Hoje somos em 4 [no empreendimento] e assim estamos crescendo, organicamente”. conta

Foto: PdQ / divulgação

Foto: PdQ / divulgação

Fotos: reprodução / Paneback

Fotos: reprodução / Paneback

Sucesso

Hoje o PdQ é vendido congelado em pelo menos 15 lojas e mercados da cidade de Zurique.

“De ontem pra hoje já estamos com 2 novos clientes e estamos e fechamos também com um grande supermercado”, revela.

“Desde janeiro conciliamos os nossos trabalhos, e a partir de setembro eu estarei integral na Paneback para darmos conta da demanda”, conta Marcela.

O que deixa a empreendedora ainda mais feliz são os elogios dos clientes.

“Estamos tendo muita procura e as pessoas ficam maravilhadas com o sabor do nosso PdQ. Um brasileiro [em uma feira] disse que o nosso PdQ era o melhor pão de queijo que ele tinha comido na vida inteira. Foi muito gratificante mesmo”, comemora.

Foto: PdQ / divulgação

Foto: PdQ / divulgação

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa.

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.