Pai da roça se forma e passa com a filha no exame da OAB

Onivaldo, o reitor e Kelly - Foto: Washington Luiz/Ascom UnitinsOnivaldo, o reitor e Kelly - Foto: Washington Luiz/Ascom Unitins

Um pai que mora na roça, em Tocantins, realizou o sonho de se formar na universidade junto com a filha. Eles passaram juntos em direito e também na prova da OAB, Ordem dos Advogados do Brasil.

Onivaldo Soares Cardoso e a filha mais velha, Kelly Oliveira Soares, estudaram na Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) – Câmpus Dianópolis.

“Até hoje eu moro na roça, sou do assentamento e para mim é uma grande honra me formar na idade que estou, 45 anos, formar junto com minha filha e dar esse exemplo para meus outros filhos e para as outras pessoas”, disse o pai, lembrando das dificuldades que enfrentou nos cinco anos de graduação para agora poder comemorar a vitória alcançada.

A colação de grau dos dois na universidade pública foi em agosto.  “Era um sonho que eu tinha desde jovem, mas não tinha essa oportunidade na região”, lembra.

Superação 

Onivaldo conta que ingressou na extinta FADES, mas quase desistiu por não ter condições de pagar a mensalidade.

“Chamei minha filha para fazer faculdade. Eu ia desistir para ter mais condições de trabalhar e pagar a mensalidade dela. Mas com a chegada da Unitins eu tive a oportunidade de realizar dois sonhos de uma vez: o de me formar e o de formar minha filha mais velha”, relata o novo bacharel.

O Campus Dianópolis da Unitins, – localizado na região Sudeste do Tocantins, a 320 km de Palmas – foi inaugurado em 2014 com o processo de transferência voluntária dos acadêmicos da Faculdade para o Desenvolvimento do Sudeste Tocantinense (FADES).

O município de Dianópolis possui cerca de 19 mil habitantes.

Emoção

Kelly Oliveira Soares, disse que está orgulhosa do pai.

“Foram cinco anos estudando junto. Ficamos tão próximos que até a forma de pensar já estava igual, na hora de responder as provas nossas respostas também eram muito parecidas”, lembra.

Ela conta que eles também estudaram juntos para o Exame da Ordem, no qual foram aprovados.

O reitor da Unitins, Augusto Rezende, diz que o exemplo de Onivaldo e Kelly confirma a importância da Unitins na região Sudeste do Tocantins, cumprindo com a missão social de ofertar ensino superior público e de qualidade.

“É uma alegria tamanha saber que a Unitins fez a diferença na vida deles, assim como faz para tantos outros cidadãos que não teriam chance de fazer faculdade se não fosse pela Universidade Estadual. A Unitins representa a realização de sonhos, significa oportunidade e vamos continuar lutando pelo seu fortalecimento e consolidação para que cada vez mais pessoas possam cursar o ensino superior gratuitamente e com qualidade”, completa o reitor.

Kelly e Onivaldo - Foto: Washington Luiz/Ascom Unitins

Vestibular 2019/1

A Unitins publicou o edital do Vestibular 2019/1 com 480 vagas nos cursos ofertados gratuita e presencialmente nos quatro Câmpus – Araguatins, Augustinópolis, Dianópolis e Palmas.

As inscrições vão até 21/10. Saiba mais aqui.

O reitor lembra que o processo seletivo representa a chance de ingresso de pessoas como Onivaldo e a Kelly, que aproveitaram a oportunidade de fazer o ensino superior numa instituição totalmente pública.

Com informações da Unitins

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.