Casal pede ajuda a refugiados como presente de casamento

Natasha e o marido com Rubaa e Rafaa Foto: Arquivo PessoalNatasha e o marido com Rubaa e Rafaa Foto: Arquivo Pessoal

Melhor dar do que receber! Foi o que decidiu um casal canadense na hora de receber presentes para o casamento.

Natasha Carew e Sean Ritchie, que são de Toronto, se casaram no último verão e abriram mão dos presentes dos convidados, que colaboraram pra arrecadar 26 mil dólares – pouco mais de 106 mil reais – para ajudar uma família de refugiados.

Os noivos formaram um grupo de voluntários de oito pessoas, incluindo o casal, a mãe de Carew, colegas de trabalho e amigos e deram uma nova oportunidade a uma família sudanesa, que ficou presa na Jordânia por quase cinco anos.

A família

Mohammed Abd Elnour, sua esposa Assgad Ali e suas duas filhas, Rafaa, 9, e Ruba, 5, chegaram a Toronto, vindos de Amã no dia 4 de junho, apenas três meses depois de terem sido acompanhados pelo grupo de Carew.

“O mais recompensador é ver as duas meninas recebendo a oportunidade no Canadá”, disse a noiva Natasha Carew, que é advogada da Gowling WLG.

A ajuda

A prática de patrocinar famílias de refugiados faz parte do programa Blended Visa Report Referred (BVOR).

O programa, iniciado em 2012, divide o custo de liquidação entre patrocinadores privados e o governo federal.

“É útil que os custos sejam compartilhados”, disse Carew. “Você não pode patrocinar pessoas específicas, mas isso é rápido e sua família (pré-selecionada) pode estar aqui em poucos meses.”

Na tentativa de maximizar a cota anual do Canadá para o programa de patrocínio combinado, o Centro de Refugiados da Universidade de Ottawa, a Fundação Shapiro e a Jewish Family Services Ottawa criaram um fundo especial para subsidiar totalmente o compromisso financeiro dos patrocinadores privados que participam do programa de reassentamento.

Os refugiados patrocinados com o apoio deste fundo chegarão antes de 31 de dezembro.

A família de refugiados recebendo boas vindas no Aeroporto Foto: Arquivo Pessoal

A família de refugiados recebendo boas vindas no Aeroporto Foto: Arquivo Pessoal

Com informações do The Star

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.