Hospital Público tem yoga do riso: reduz a dor e melhora humor

Pacientes, acompanhantes e funcionários do Instituto Hospital de Base, de Brasília - Foto: Douglas Zanon/ DivulgaçãoPacientes, acompanhantes e funcionários do Instituto Hospital de Base, de Brasília - Foto: Douglas Zanon/ Divulgação

Riso e gargalhadas ajudam a reduzir a dor de pacientes e familiares.

A boa nova – chamada yoga do riso, risoterapia, ou terapia do riso – está sendo usada no Instituto Hospital de Base, em Brasília.

Pacientes, funcionários e voluntários aprenderam a terapia, misturada a sessões de yoga [ou ioga] com Sandro Lobo que é pós-graduado em direito, já foi servidor da Justiça Federal, mas como diz, “preferiu sair pelo mundo promovendo a felicidade”.

Ele conta que a yoga do riso é um conceito antigo que permite ao praticante rir independentemente de motivo.

A prática combina exercícios de respiração utilizados na yoga tradicional com exercícios lúdicos que levam ao riso.

A proposta é reduzir a dor e aumentar o bem estar através de doses diárias de gargalhadas. “Isso aumenta a oxigenação do organismo”, diz o professor.

Alivia a dor

Um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Oxford, publicado no periódico Proceedings of the Royal Society B, revela que rir reduz em até 10% a sensação de dor.

Ao dar uma gargalhada, o cérebro libera endorfina e serotonina, responsáveis pelo efeito analgésico e pelo bem-estar.

A técnica se baseia em estudos que comprovam que o corpo não consegue diferenciar gargalhadas falsas e reais, e acaba produzindo os mesmos benefícios no corpo e na mente.

“O riso, associado ao exercício de respiração, permite que fiquemos mais focados, mais atentos, mais criativos, e rendemos melhor em qualquer que seja a atividade que a gente realize.”

No hospital

 

A presidente do Serviço Auxiliar de Voluntários (SAV) do Instituto Hospital de Base do Distrito Federal, Daphne Aben-Atahar Kipman, diz que quando conheceu a yoga do riso “não pensou duas vezes” e quis logo levar a prática para a rotina hospitalar.

“Você vem para ser cuidado e muitas vezes a equipe médica ajuda principalmente o corpo físico. Como é que ficam as nossas emoções?”

Daphne completa respondendo a própria pergunta. Ela explica que a terapia do riso trouxe “leveza e descanso” ao segundo maior hospital público do Centro-Oeste.

“Doentes, acompanhantes e profissionais participam. Isso ajuda a enfrentar com mais resiliência o dia-a-dia”, afirma a terapeuta.

Melhora o humor

Uma das participantes da aula de Sandro, a cabeleireira Alessandra Carvalho, 29 anos, conta que o primeiro contato com a yoga do riso, no hospital, já fez seu humor melhorar instantaneamente.

“Estou acompanhando minha mãe que está internada, não durmo bem há dias. Essa aula foi um alívio pra mim e para a minha saúde mental.”

História

Saber que dar risada traz benefícios comprovados cientificamente, aguçou a curiosidade do médico indiano Madan Kataria. Ele foi o criador da técnica de Yoga do Riso, em 1995.

A Terapia do Riso começou com um grupo de apenas cinco pessoas e hoje reúne 6 mil Clubes do Riso espalhados por mais de cem países.

Se você se interessou veja mais no Yoga do Riso Brasil.

O vídeo abaixo é pra você não segurar o riso:

Com informações do G1

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.