Menino de 11 anos do DF é selecionado para o Bolshoi

Wender Santos Silva - Foto: Marilia Lima/CB/D.A PressWender Santos Silva - Foto: Marilia Lima/CB/D.A Press

Um menino de 11 anos do Distrito Federal foi selecionado para estudar uma das academias de balé mais prestigiadas do mundo: a Escola do Teatro Bolshoi, em Joinville.

Wender Santos da Silva, 11 anos, estudante da Escola Classe 15 do Gama foi escolhido para fazer parte da academia russa.

Nascido em uma família humilde e órfão de pai, o garoto, que se inspira na bailarina Ana Botafogo, vê na dança uma oportunidade para dar uma vida melhor para a mãe.

“Meu maior sonho é ser professor, abrir minha escola e ensinar outras pessoas. Também quero sair do Brasil, dançar em outros lugares”, afirma o menino, que pretende ainda ajudar a escola que lhe concedeu a bolsa e presentear a mãe com uma casa.

Como

Wender se apaixonou pelo balé clássico assistindo aos movimentos de uma professora da escola onde estuda, Mirian Magalhães.

“Ela me incentivou e começou a me dar aulas no projeto da escola. Eu achei a forma de ela dançar muito bonita e fiquei encantado”, disse o garoto ao Correio Braziliense.

A docente procurou uma escola de balé em Santa Maria, que acolheu Wender com uma bolsa de estudos.

“Quando ela me mandou um vídeo dele dançando, eu notei que ele era bom, bailarino nato, só precisava ser lapidado. Cada dia que passava, nos surpreendia, e hoje eu sei que o balé veio para mudar a história de vida dele”, conta Ciliria Ramos, atual professora de balé do jovem.

“Notamos que era uma criança que já nasceu pronta. Ninguém pode falar que o ensinou, porque o Wender nasceu bailarino e nós só o lapidamos”, afirma Sarene Castro, dona da escola de balé onde o garoto estuda

Inscrição

“Um dia, estávamos falando de outra aluna que foi para o Bolshoi ,e o Wender veio e disse que o sonho dele é ir para lá. Quando ele disse isso, eu não pensei em outra coisa a não ser fazer a inscrição dele”, comenta Ciliria.

Após a aprovação da mãe de Wender, Francieuda da Silva, 42, a professora de balé providenciou todos os detalhes.

Aprovado na etapa de pré-seleção em Brazlândia, o desafio aumentou porque Wender teria que viajar para a cidade catarinense a fim de participar das audições no Teatro Bolshoi.

“Fizemos um espetáculo cobrando R$ 20 para arrecadar o dinheiro e levá-lo. A escola toda ajudou e conseguimos realizar três sonhos dele de uma vez. Ele passou no Bolshoi, andou de avião e conheceu o parque Beto Carrero, tudo em uma semana”, frisa Cirilia, emocionada.

Desafio

Agora, o desafio de Wender é se mudar com a mãe para Santa Catarina, onde fica a única filial da escola russa no mundo e recomeçar em uma cidade nova.

“Ainda estou um pouco dividido. Feliz e triste ao mesmo tempo, porque vou ter que deixar minha família e meus amigos para construir tudo de novo lá.”

Durante o processo de mudança, Ciliria vai acompanhar o garoto e a mãe por aproximadamente um mês em Joinville.

“Quero oferecer todo o suporte que estiver ao meu alcance. Vou acompanhá-los e só volto quando eu sentir que eles já se adaptaram”, destaca.

Com informações do CorreioBraziliense 

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.