Chanel acaba com couro exótico e peles nas roupas

Foto: Chanel/InstagramFoto: Chanel/Instagram

A Chanel anunciou esta semana que vai banir o uso de couros exóticos como crocodilo, lagartos, cobra e arraia, além de pele de animais em suas coleções.

A decisão já refletiu no desfile desta terça-feira, 4, no Metropolitan Museum of Art, em Nova York, onde a Chanel apresentou a coleção Metiers d’Art. O material das roupas, que parecia couro de lagarto, na verdade era feito de abacaxi, o chamado couro vegano.

Bruno Pavlovsky, presidente da grife, citou a dificuldade em garantir fontes éticas e responsáveis destes materiais, que seguissem seus padrões de qualidade.

Continue Lendo