Suco de laranja todo dia reduz risco de demência em 50%

Foto: Reprodução Daily MailFoto: Reprodução Daily Mail

Beber um copo de suco de laranja todos os dias pode reduzir significativamente o risco de contrair demência, revela estudo da Universidade de Harvard.

Pesquisadores rastrearam quase 28 mil homens por duas décadas para examinar como o consumo de frutas e verduras afetou a capacidade cerebral.

Eles descobriram que os homens que bebiam um copo pequeno de suco de laranja tinham 47% menos chances de dificuldade na memória, de seguir instruções, ou andar em áreas familiares.

O principal autor do estudo, Changzheng Yuan, disse que a ingestão a longo prazo de vegetais, frutas e suco de laranja “pode ser benéfica” para manter a função cognitiva.

“Frutas e vegetais são ricos em vitaminas e nutrientes, incluindo antioxidantes, que podem ajudar a proteger o cérebro”, disse a pesquisadora Hannah Gardener, da Universidade de Miami, que não participou da pesquisa.

Esses benefícios para a saúde podem proteger o cérebro de um acúmulo de moléculas indesejáveis e manter um suprimento saudável de sangue para o cérebro.

Lapsos na memória, compreensão e episódios de confusão podem ser sinais precoces de declínio cerebral que podem, em última análise, levar à demência com risco de vida.

Não há cura para a doença, mas os cientistas tentam encontrar uma cura para o distúrbio que rouba a memória há anos.

A pesquisa

Os participantes do estudo da Universidade de Harvard, publicado na revista Neurology, responderam a questionários sobre o que comeram a cada quatro anos

Esta nova evidência reitera a importância de uma dieta saudável para evitar a degeneração do cérebro que vem com a velhice.

Os pesquisadores classificaram os homens – com idade média de 51 anos no início do estudo – em cinco grupos com base na ingestão de frutas e verduras.

O grupo com o maior consumo comeu cerca de seis porções de legumes por dia, em comparação com duas porções para o grupo com o menor consumo.

Uma porção de vegetais é considerada uma xícara de vegetais crus, ou duas xícaras de verduras.

Para frutas, o grupo de topo comeu cerca de três porções por dia, em comparação com metade de uma porção no grupo de fundo.

Uma porção de fruta é considerada uma xícara de fruta ou meia xícara de suco de fruta.

Para medir como isso afetava a saúde do cérebro, os pesquisadores realizaram testes de raciocínio e habilidades de memória quando os homens estavam com 73 anos, em média.

Os testes perguntaram coisas como se as pessoas poderiam se lembrar de eventos recentes ou itens em listas de compras.

No geral, 6,6% dos homens que consumiram a maioria dos vegetais desenvolveram pouca função cognitiva e tiveram desempenho ruim nos testes, em comparação com 7,9% dos homens que comeram menos.

Suco de Laranja

O consumo de frutas, em geral, não pareceu influenciar o risco de problemas cognitivos moderados.

Apenas 6,9 pessoas que bebiam suco de laranja todos os dias desenvolveram uma função cognitiva ruim.

Em comparação, o número era de 8,4% dos homens que tomavam suco de laranja menos de uma vez por mês.

“O papel protetor do consumo regular de suco de frutas foi observado principalmente entre os homens mais velhos”, disse Yuan.

“Como o suco de frutas é geralmente rico em calorias provenientes de açúcares de frutas concentrados, geralmente é melhor consumir não mais do que um copo pequeno por dia.”

O estudo não pretendia encontrar a ligação entre uma dieta saudável e memória, mas faltavam dados sobre as habilidades de memória dos participantes no início do estudo, o que teria mostrado como sua dieta poderia ter influenciado isso ao longo do tempo.

A Dra. Hannah Gardener acrescentou: “O consumo de frutas e vegetais pode ser uma peça do quebra-cabeça para manter a saúde cognitiva e deve ser visto em conjunto com outros comportamentos”.

Com informações do Daily Mail

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.