Como cortar assuntos desconfortáveis ​​nas festas em família: 7 dicas

Reunião familiar - Foto: Didriks/CCReunião familiar - Foto: Didriks/CC

Reuniões em família são boas para rever todo mundo, matar a saudade, mas sempre tem alguém que puxa conversas desconfortáveis e faz o clima pesar.

Política, religião, ex-marido, ex-namorado, dívidas, ressentimentos, provocações, piadinhas preconceituosas… Mas tem como sair da saia justa sem arrumar briga, nem abalar a reunião.

Veja 7 dicas para sobreviver às conversas desconfortáveis e suportar melhor essas reuniões familiares, sem deixar mágoas para o resto do ano.

1. Área sem Debate

Peça ao anfitrião que os assuntos “quentes”, controversos, não sejam discutidos durante a reunião.

2. Não tente mudar opiniões

Caso o assunto “quente” surja, não tente mudar a opinião de alguém, especialmente os mais velhos da família. É praticamente inútil. As pessoas não mudam de opinião discutindo. Então não perca tempo e tente mudar de assunto.

3. Mude de assunto

É complicado mudar de assunto, mas muitas vezes é necessário para evitar brigas. Você pode responder vagamente e “de repente se lembrar de algo legal que você queria compartilhar”. Você só precisa pensar no que, ou deixar esta carta na manga para usar na hora “H”.

4. Fique em silêncio

Caso você não tenha nada para dizer sobre a conversa desconfortável, não fale por falar. Fique em silêncio e use esse tempo para planejar algo inteligente pra dizer depois.

5. Atividades Internas

Onde há entretenimento, há pouco tempo para debate. Mantenha a festa, planejando atividades para que todos possam desfrutar. Leve jogos de tabuleiro, conecte a máquina de karaokê, planeje uma mesa de artesanato.

6. Atividades ao ar livre

Ar fresco e exercícios são bons para a mente, o corpo e o espírito de todos. Se o clima estiver legal, chame a galera para uma caminhada ou um passeio para ver as luzes de Natal da vizinhança.

7. Fique firme

Nossas famílias são frequentemente nossas maiores críticas. Uma reunião de família pode trazer uma miscelânea de opiniões e conselhos de tias, tios, avós e primos. E todos gostam de dar pitaco sobre o que você deveria fazer na vida. Em situações como essa, fique firme. Eles não vivem sua vida e, embora você ouça os conselhos deles, você não precisa segui-los.

Não deixe que a antecipação de conversas desconfortáveis com a família ponha você para baixo nesta temporada de festas.

Mantenha seu queixo para cima, vá na boa e aproveite as férias!

As dicas são de Justin Lavelle, diretor de comunicações da PeopleLooker.

Com informações do GNN

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.