Palmeiras dá a Nickollas óculos que transformam imagem em áudio

Foto: reprodução / TV PalmeirasFoto: reprodução / TV Palmeiras

Lembra do Nickollas, o menino cego que a mãe narra os jogos do Palmeiras pra ele? Ele ganhou um presente especial do verdão neste Natal.

O torcedor fanático de 11 anos recebeu das mãos do atacante Deyverson óculos adaptados que transformam imagens em áudio. (vídeo abaixo)

O momento da entrega do presente foi registrado pela TV Palmeiras e postado no Youtube. (assista abaixo)

No início do vídeo, o camisa 16 mostra seu bom humor ao fazer uma rima, abraçado pelo pequeno fã.

“Vou te dar um papo reto porque teu nome intriga. Sabe para quem eu vou entregar o óculos? É para meu parceiro Nicollas”, canta o jogador que também é conhecido fora do campo com ‘MC Deyvin’.

O presente do Palmeiras é uma parceria com a empresa Mais Autonomia Tecnologia Assistiva.

“É um equipamento que tem um dispositivo que captura imagens em uma máquina fotográfica. Essa fotografia é escaneada através de um computador e por fim tem o áudio. Você prende o equipamento nos óculos por um ímã e dessa forma consegue ler qualquer texto em qualquer superfície e distância”, explica Daron Sadka.

Além de placas de rua e qualquer livro em todos os idiomas, os óculos têm outras funções.

“Também captura rostos e nomeia, reconhece dinheiro, código de barra, produtos, cores, uma gama de funcionalidades que dá à pessoa com deficiência visual mais autonomia e independência”, disse Sadka.

Veja como foi a entrega ao Nickollas:

Os óculos

Royal National Theatre, de Londres, testou o produto durante meses e anunciou que vai disponibilizar os óculos para todas as suas apresentações a partir de 2019, gratuitamente.

Já o fabricante espera que a tecnologia seja disponibilizada em breve em todos os cinemas do mundo.

Veja como os óculos funcionam:

Com informações da TVPalmeiras e BOL

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.