Jovem que criou plástico de maracujá será 1ª brasileira a assistir Nobel

FFoto: Reprodução InstagramFFoto: Reprodução Instagram

Juliana Davoglio se tornou a primeira jovem brasileira da história a ser selecionada para acompanhar uma cerimônia do Prêmio Nobel.

Ela foi a aluna que criou o plástico feito a partir da sobra de Maracujá, como mostramos aqui no SóNotíciaBoa.

A invenção rendeu a Juliana o prêmio Jovem Cientista de 2018. Além disso, ela também desenvolveu um estudo sobre a transformação da casca de macadâmia em substrato para microorganismos com o intuito de produzir energia e celulose.

Continue Lendo