IA detecta Alzheimer 6 anos antes de surgir: 90% de precisão

Cérebro com (esq) e sem Alzheimer - Foto: Universidade da CalifórniaCérebro com (esq) e sem Alzheimer - Foto: Universidade da Califórnia

A “IA”, Inteligência Artificial, pode detectar Alzheimer 6 anos antes de a doença surgir e com mais de 90% de precisão, para ajudar no tratamento precoce.

É o que mostra um novo estudo feito por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos EUA, publicado este mês na Radiology.

A pesquisa usou um tipo de mapeamento cerebral com um algoritmo de aprendizado de máquina, que aprendeu a diagnosticar o estágio inicial da doença de Alzheimer cerca de seis anos antes que um diagnóstico clínico pudesse ser feito.

Continue Lendo