Refugiado grato leva quibes e esfirras a famílias de Brumadinho

Elyan Sokkar levando lanches a Brumadinho - Fotos: reprodução Instagram e O TempoElyan Sokkar levando lanches a Brumadinho - Fotos: reprodução Instagram e O Tempo

Cada um ajuda os brasileiros de Brumadinho como pode e, por gratidão, o refugiado sírio Elyan Sokkar fez parte dele neste fim de semana.

Neste sábado, 2, Elyan colocou 90 sanduíches, 30 quibes e 30 esfirras no carro e partiu de Belo Horizonte para a região do Córrego do Feijão, que foi tomada pela lama da barragem da Vale, no último dia 25.

“Eu queria abraçar o Brasil, como o Brasil me abraçou”, disse o comerciante.

“Eu queria fazer alguma coisa. A gente decidiu levar lanches. Comecei a dirigir e nem sabia direito para onde estava indo”, disse Sokkar.

“Hoje acordamos cedo. Brumadinho estamos chegando com nossos sanduíches deliciosos de Falafel, kibes, esfirras, uma coisa pequena nos tambores, podem ajudar você meus queridos”, escreveu o refugiado na página lanchonete dele no Instagram, o Sítio Sírio.

Chegando lá, Sokkar encontrou voluntários que o ajudaram a entregar os sanduíches e salgados às famílias de vítimas e moradores.

Gratidão

Sokkar fugiu da Síria em 2014.

Na capital mineira, ele abriu uma lanchonete junto com o também refugiado John Eshak.

“Nosso país está arrasado pela guerra. Eu só queria fazer alguma coisa por este país que me recebeu. Vi as imagens na televisão. É tudo muito triste. Me lembrei de Hama, minha cidade natal. Queria abraçar o Brasil, como o Brasil me abraçou”, disse Sokkar.

“Eu fiz tudo hoje rápido, mas quero voltar para trazer mais ajuda, concluiu.

Com informações do G1 e OTempo

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.