Garota cria App para pessoas com Alzheimer reconhecerem familiares

Emma e a avó - Foto: reprodução / FacebookEmma e a avó - Foto: reprodução / Facebook

Emma Yang, de 14 anos, criou um aplicativo para pacientes com Alzheimer reconhecerem pessoas da família. A adolescente teve a ideia ao ver sua avó (foto acima) sofrer com as consequências da doença neurodegenerativa, que provoca a perda da memória.

O Timeless, nome dado ao App, tem uma ferramenta que usa reconhecimento facial para ajudar os portadores a identificarem pessoas e também a recordarem memórias.

O trabalho da adolescente repercutiu tanto que foi notado por Bill Gates, fundador da Microsoft. Gates postou em seu perfil no Twitter, em 2018, uma reportagem sobre Emma.

A garota também já deu uma palestra no Tedx para falar de sua criação. (vídeo abaixo)

Como

O Timeless permite que o paciente receba fotos dos familiares, as organiza automaticamente e identifica quem é cada um.

Ele também organiza uma agenda telefônica com as imagens e as sincroniza para que a pessoa com Alzheimer possa ligar para quem ela quiser.

Como a garota criou tudo isso?

Emma é filha de um desenvolvedor. A jovem nasceu em Hong Kong e hoje mora em Nova York.

História

Ela cria programas desde os 6 anos de idade e aos 12 anos começou a pensar em uma forma para ajudar sua avó.

A brincadeira de criança, que era estimulada pelo pai, começou na plataforma de programação visual Scratch.

Daí em diante, a menina já produziu diversos jogos e websites.

Hoje o Timeless conta com a colaboração de um desenvolvedor alemão, de um suporte técnico da startup Kairos (que é especializada em reconhecimento facial) e de uma designer norte-americana.

Emma explica como funciona o aplicativo:

Veja a entrevista feita com ela este ano na China:

Agora a palestra que ela deu no Tedx no ano passado:

Veja o post de Bill Gates sobre o App de Emma no Twitter:

 

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa – Com informações da FastCompany, Twitter e Tedx

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.