Índia cria primeiro hospital pra tratar elefantes, vítimas de maus tratos

Foto: WildLife SOSFoto: WildLife SOS

Um centro médico especial, o Wildlife SOS Elephant Hospital, foi criado em Uttar Pradesh, na Índia, para tratar elefantes resgatados, vítimas de maus tratos.

A instituição foi criada pelo grupo Wildlife SOS, uma organização sem fins lucrativos, que resgata animais na Índia, desde 1995,

Desde que o hospital foi inaugurado em novembro, a organização sem fins lucrativos resgatou um total de 26 elefantes de atrações turísticas abusivas, como circos, templos, acampamentos de equitação e proprietários privados.

Além de salvar os elefantes abusados, o grupo também resgatou ursos, leopardos, tartarugas e outras espécies ameaçadas de extinção.

Essas condições e situações de negligência geralmente resultam em elefantes sofrendo de uma série de problemas médicos diferentes.

Quando os animais resgatados são levados ao hospital pela primeira vez, eles recebem uma avaliação completa por um dos veterinários do centro.

Como a maioria dos animais está em más condições físicas devido a anos de negligência e desnutrição, o hospital foi especialmente projetado para tratar elefantes feridos, doentes e geriátricos.

Para atender melhor seus pacientes, o hospital tem radiologia digital sem fio, ultrassom, laserterapia, um laboratório de patologia interno e uma talha médica para levantar confortavelmente elefantes com deficiência e movê-los pela área de tratamento.

Para check-ups regulares – assim como tratamentos especiais – há uma balança digital de tamanho gigante, com capacidade de testes laboratoriais e uma piscina de hidroterapia.

O Wildlife SOS Elephant Hospital também possui aparelhos portáteis de raios X, aparelhos de ultra-som e ferramentas especializadas para os pés.

O hospital está equipado com quartos especiais com câmeras de infravermelho para que os veterinários observem os pacientes com elefantes, durante a noite.

Um dos pacientes atuais do hospital é uma adorável fêmea chamada Holly.

Ela é uma ex-elefante de rua que foi confiscada de um proprietário privado.

Holly é completamente cega, e quando ela foi resgatada, seu corpo estava coberto por abscessos crônicos não tratados.

Devido à desnutrição, ela também tem artrite nas pernas traseiras.

Holly agora está recebendo os cuidados médicos que precisa no hospital.

A equipe de veterinários está tratando sua artrite com terapia a laser frio e ultrassonografia terapêutica.

A Holly recebe uma nutrição adequada com muitas frutas favoritas, como banana e mamão papaia.

Uma vez tratados, os elefantes são enviados para um dos dois santuários de elefantes da Wildlife SOS na Índia: o Centro de Conservação e Cuidados com os Elefantes de Mathura e o Centro de Resgate de Elefantes de Yamunanagar.

Desta forma, eles podem passar seus anos dourados aproveitando sua aposentadoria em condições muito mais felizes e saudáveis.

hospital_elefantes2

Fotos:  Wildlife SOS

Fotos: Wildlife SOS

Veja como funciona o hospital de elefantes:

Com informações do GNN

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.