Após cirurgia, Gabriel volta a andar e é aplaudido na escola. Assista!

Fotos: reprodução / FacebookFotos: reprodução / Facebook

Emoção em uma escola pública do Rio de Janeiro. Depois de uma cirurgia nos EUA, no ano passado, Gabriel voltou a andar e estreou este mês as muletas novas no colégio.

A reação de amizade, solidariedade e carinho dos alunos na sala de aula foi tão impactante que a professora fez um vídeo.

Para incentivar, os colegas contam em voz alta cada passo que Gabriel consegue dar a caminho da carteira dele.  E quando chega, eles fazem uma festa! (Assista baixo)

História

Gabriel nasceu prematuro, de 6 meses, superou todas as batalhas de uma UTI neonatal, mas aos 3 anos, após uma grave pneumonia, ele entrou em coma e teve um AVC.
O menino ficou com uma severa espasticidade, que é o aumento do tônus muscular, o que dificultava os movimentos. 

Uma cirurgia chamada Rizotomia Dorsal Seletiva, criada pelo Dr. T.S.Park, elimina a espasticidade, e pode devolver ao pequeno a normalidade dos seus movimentos para que ele possa andar sozinho de novo. 

Após passar por um longo processo de avaliação, Gabriel foi considerado apto para cirurgia pelo Dr. Park que é feita no Saint Louis Children’s Hospital em Saint Louis, Missouri, USA.
A família fez uma campanha e com ajuda de famosos e desconhecidos, conseguiu levantar os R$ 250 mil necessários para pagar os custos da cirurgia e o tratamento de um mês, após o procedimento.
Gabriel - Foto: reprodução / Instagram

Gabriel – Foto: reprodução / Instagram

De volta ao Brasil

Agora Gabriel está voltando a andar e este mês o menino começou a estudar em em uma escola pública,

‘Medo, insegurança, questionamentos, enfim… Aí o resultado… as imagens falam por si!  Superou demais qualquer expectativa, além da integração em todas as atividades, um acompanhamento extraordinário por uma profissional da educação especial incrível que gravou esse vídeo (@clarissaritter ), que por iniciativa própria e ousadia, ao ver uma postagem do Gabriel iniciando nas muletas, me pediu para levá-las pra escola”, escreveu a mãe dele no Facebook.

“Esse incentivo tem transformado a mente do Gabriel, gerando uma auto-confiança enorme e a motivação que a gente precisa pra manter nossa rotina de terapias infindáveis.”, concluiu.

Veja como foi o momento em que ele entrou de muletas na classe:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.