Bolinhas comestíveis com água substituem copos plásticos em maratona

Fotos: Katchooo / BoredPandaFotos: Katchooo / BoredPanda

Londres deu o exemplo: usou pequenas cápsulas de água biodegradáveis e comestíveis para matar a sede dos atletas e assim, diminuiu o uso de copos plásticos descartáveis na maratona da semana passada.

As bolinhas reduziram de 920 mil para 704 mil o uso de garrafas de água durante a corrida.

A embalagem, feita de algas, pode ser facilmente consumida. Basta por na boca, apertar com os dentes e ela se rompe. Ela não tem sabor.

Se for descartada, não tem problema porque a cápsula é biodegradável. Ela se desfaz em 4-6 semanas sem deixar resíduos para trás.

As bolinhas podem ser usadas não só para armazenar água, mas também para outras bebidas, como sucos e coquetéis.

Um dos fatores mais importantes na criação dessas cápsulas comestíveis é o fato de que as algas marinhas podem crescer até 1 m por dia e não precisam de água doce ou fertilizante. Elas também contribuem ativamente para a desacidificação dos oceanos.

Parceria

A boa nova foi uma parceria com a Skipping Rocks Lab, a startup que criou bolinhas de água comestíveis, chamadas Ooho. Elas são feitas de algas marinhas.

A startup londrina foi criada em 2013 por Rodrigo Garcia Gonzalez e Pierre Paslier, enquanto estudava Engenharia de Projetos de Inovação no Imperial College London e no Royal College of Art.

O projeto foi recentemente expandido e agora está usando a mesma técnica para armazenar molhos também, como catchup.

A equipe também quer criar outras formas para substituir o plástico, como redes para armazenar frutas e legumes, filmes termosseláveis e embalagens para produtos não alimentícios, como parafusos, pregos ou ferragens.

bolinhas-agua-entrega

Fotos: Katchooo / BoredPanda

Fotos: Katchooo / BoredPanda

 

Com informações do BoredPanda

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.