Cidades mais seguras para se viver em São Paulo: sai o Top 10

Entrada de Vinhedo - Foto: JornalDaRegiãoEntrada de Vinhedo - Foto: JornalDaRegião

Um levantamento feito pelo Instituto Sou da Paz, com números da Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo, mostra quais são as cidades mais violentas e as mais seguras para se viver em SP.  Na contramão da mídia comum, o SóNotíciaBoa destaca os melhores municípios pra se viver. (veja Top 10 abaixo)

O Índice de Exposição à Criminalidade Violenta (IECV) 2018, apontou Vinhedo como a cidade onde é menor o risco de sofrer um crime no Estado.

Lá houve redução de 61% na violência, a mais expressiva entre os municípios paulistas. Nos últimos 20 meses, além de homicídio zero, a cidade registrou menos de um roubo por dia, um roubo de carga a cada mês e nenhum roubo a banco.

O último homicídio doloso registrado na cidade foi em agosto de 2017.

Como

A cidade, com 77 mil habitantes fica perto de Campinas, a 100 km da capital Paulista e tem uma Guarda Municipal considerada um trunfo no combate ao crime.

Vinhedo também tem 213 câmeras que observam quem circula pela cidade, a mais vigiada do Estado, com média de uma para cada 362 moradores.

“O mal intencionado consegue entrar, mas fica difícil sair, pois será abordado pela nossa segurança”, afirma o prefeito, Jaime Cruz (PSDB).

“Quem faz a cidade boa são as pessoas, por isso trabalhamos fortemente essa questão nas escolas municipais. O estudante chega na adolescência sabendo que viver em paz é bom”, diz.

Top 10

Veja o ranking das cidades mais seguras de São Paulo:

  1. Vinhedo
  2. São José do Rio Pardo
  3. São Caetano do Sul
  4. Franca
  5. Olímpia
  6. Santa Bárbara D ‘Oeste
  7. Taquaritinga
  8. São João da Boa Vista
  9. Americana
  10. São Joaquim da Barra

Violência cai em São Paulo

O risco de sofrer um crime violento caiu em 79 dos 139 municípios paulistas.

Isso representa 57% das cidades, de acordo com o Índice de Exposição à Criminalidade Violenta.

O IECV é calculado a partir da média ponderada de três subíndices: crimes letais (homicídio e latrocínio), crimes contra a dignidade sexual (estupro) e crimes contra o patrimônio (roubo – outros, roubo de veículo e roubo de carga).

O índice foi criado pelo Instituto Sou da Paz para facilitar uma avaliação que agregue várias dimensões da violência e da segurança pública no estado de São Paulo, avaliando diferentes tendências criminais e permitindo uma comparação das estatísticas entre cidades e distritos policiais ao longo do tempo.

Mais violentas/Top 10

  1. Itanhaém
  2. Lorena
  3. Guaratinguetá
  4. Mongaguá
  5. Caraguatatuba
  6. Ibiúna
  7. Ubatuba
  8. Arujá
  9. Cruzeiro
  10. Jacareí

Em Itanhaém, no Litoral Sul, considerada a mais exposta a crimes violentos no Estado, a taxa de homicídios é de 25 por 100 mil habitantes, quase quatro vezes superior à media do Estado.

A prefeitura culpa a sazonalidade, com aumento de população no verão, e diz desenvolver ações para prevenção da violência.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública diz que “o relatório elaborado pelo Instituto Sou da Paz revela que as polícias públicas adotadas no combate à criminalidade estão no caminho certo, vez que a grande maioria dos crimes no Estado apresentaram redução”.

Com informações do Estadão

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.