Em vez de Dia das Mães ou dos Pais, escola adota o ‘Quem cuida de mim’

escola_cuida1

Uma escola diferenciada, em vez de comemorar dia dos pais ou das mães, adotou o “Dia de Quem Cuida de Mim”.

A ideia da escola Estadual Professor Alvino Bittencourt, na Chácara Califórnia, em São Paulo, é acolhimento e respeito a todos, já que muitas crianças não têm um dos pais e ficam constrangidas e tristes nesses dias.

Na prática, o colégio só trocou o nome da celebração tradicional e há 5 anos criou no calendário dois dias anuais especiais para homenagear os homens ou mulheres que cuidam das crianças – isso também acolhe as diferentes constituições familiares.

“Percebíamos que com a chegada das tradicionais celebrações familiares aqueles alunos que não têm mais mãe ou pai, ou que não podem conviver com eles, ficavam muito tristes por não ter nenhum dos dois ali na plateia. Então trocamos para o Dia de Quem Cuida de Mim e todos se sentem integrados, as crianças estão mais confiantes”, conta a vice-diretora Simone Lopes Guidorizzi.

A escola tem cerca de 400 alunos, com idade entre seis a 10 anos.

O “Dia de Quem Cuida” é uma festa aberta a todos, pais e mães, avós, avôs, irmãs, irmãos, tios, tias ou quem a criança desejar convidar.

Famílias no “Dia de Quem cuida de mim”. Foto: Reprodução

Famílias no “Dia de Quem cuida de mim”. Foto: Reprodução

escola_cuida3 escola_cuida2

Com informações do Catraca Livre

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.