Mãe de jovem surdo, que fez família aprender Libras, realiza sonho: estudar

Liliane Santos - Fotos: arquivo pessoal/ divulgação autorizadaLiliane Santos - Fotos: arquivo pessoal/ divulgação autorizada

Aos 39 anos Liliane realizou o antigo sonho de voltar a estudar. Ela largou os estudos na antiga 6ª série, quando tinha 12 anos, para ajudar a mãe a sustentar a casa e os dois irmãos, porque o pai dela ficou desempregado.

A menina trabalhava como babá e fazia serviços domésticos. Na época passou a estudar à noite, mas não deu certo. Liliane Santos começou a tirar notas baixas. Depois a família mudou de casa, ela trocou de colégio – também à noite – foi mal novamente e parou… mas nunca desistiu.

Aos 17 anos, Liliane engravidou do primeiro filho e o menino nasceu surdo. Quem assumiu a criança foi Eder, o atual marido de Liliane. Logo em seguida, com 18 anos ela engravidou de Jhennifer, sua segunda filha e adiou de novo o sonho de voltar a estudar.

“Com 19 anos eu tentei novamente, mas com duas crianças não dava pra estudar, trabalhar e cuidar da casa”, contou Liliane em entrevista ao SóNotíciaBoa.

Ela e o marido trabalham em casa fazendo pespontos de sapatos para fábricas da região de Franca, no interior de São Paulo. “Ele fura e costura e eu colo os sapatos”, explicou.

Além de ajudar o marido, Liliane começou a aprender Libras, a Língua Brasileira de Sinais e levou a família junto, para que todos aprendessem a se comunicar com Flávio.

“Eu sempre priorizei os estudos dos meus filhos. O Flávio terminou o Ensino Médio e a Jhennifer já está na faculdade”, comemorou a mãe.

Volta às aulas

E foi a filha Jhennifer a grande incentivadora da mãe para voltar aos estudos.

“Este ano entrei na faculdade e voltei a incentivá-la a estudar. O sonho dela é fazer colação de grau”, disse Jhennifer.

Deu certo. Liliane se matriculou no EJA e voltou a estudar no começo do ano.

“Eu comecei em fevereiro a 6ª série, que agora fala 7º ano, e estou terminado no finalzinho de junho. Em julho vou para o 8º e no ano que vem eu começo o 9º ano. Em junho do ano que vem será minha colação de grau”, disse a estudante.

No que depender das notas, ela vai conseguir.

“Ela é a melhor da classe. Só tira 8, 9 e 10”, comemora Jhennifer.

Liliane também está radiante de felicidade: “Meu sonho é vestir aquela beca”, disse a mãe.

Faculdade

Além da vontade de aprende, ela sabe o valor de um diploma no mercado de trabalho.

“Fico muito chateada quando surge oportunidade para eu ensinar Libras e me pedem o diploma. Eu não tenho!”, lamentou.

Mas agora que recomeçou Liliane Santos está confiante e já faz planos maiores.

Depois de concluir o Ensino Médio, Liliane pretende entrar na faculdade.

“Eu to entre Enfermagem e intérprete de Libras. Como eu tenho filho surdo, lido melhor com Libras. Mas depois eu vou decidir certinho o que eu vou querer”. afirmou.

E a gente está aqui na torcida, Liliane! Avante!

Liliane e Jhennifer - reprodução autorizada

Liliane e Jhennifer – reprodução autorizada

Liliane e Flávio - Foto: arquivo pessoal / reprodução autorizada

Liliane e Flávio – Foto: arquivo pessoal / reprodução autorizada

Liliane e a família - Foto: arquivo pessoal / reprodução autorizada

Liliane e a família – Foto: arquivo pessoal / reprodução autorizada

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.