Canadá proíbe captura e criação de golfinhos, baleias e botos

Foto: PixabayFoto: Pixabay

O Canadá fez história ao proibir o cativeiro e a criação de baleias, golfinhos e botos.

O Parlamento do país aprovou nesta segunda, 12, uma lei que proíbe a captura e criação de cetáceos, uma decisão elogiada por ativistas da defesa dos animais.

O que exatamente a proibição implica? Os animais não podem ser criados ou mantidos em cativeiro e, se for considerado culpado, você poderá receber uma multa de até 200 mil dólares canadenses, quase 800 mil reais.

A lei foi apresentada pela primeira vez em 2015 e que agora precisa da aprovação real simbólica.

Exceções

A nova legislação inclui exceções para mamíferos marinhos que precisam de reabilitação após um ferimento ou para outros casos autorizados pelas autoridades.

“É uma lei muito importante porque proíbe a criação, o que garante que as baleias e golfinhos que estão atualmente retidos em pequenos tanques no Canadá são a última geração a sofrer”, declarou Melissa Matlow, diretora de campanhas da World Animal Protection Canada.

A porta-voz do Grupo de Defesa dos Animais, Nina Devries, afirmou que o Canadá se une a uma dezena de países, incluindo Chile e Costa Rica, “que adotaram uma postura progressista contra a prisão e criação de baleias, golfinhos e botos para entretenimento”.

Os parques aquáticos com baleias e golfinhos como atrações foram alvos de campanhas de repúdio nos últimos anos.

Marineland nas Cataratas do Niágara e o Aquário de Vancouver são as únicas instalações no Canadá com cetáceos em cativeiro.

A lei não será retroativa, o que significa que os animais em cativeiro permanecerão confinados.

Com informações Correio do Povo

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.