Vitória da inclusão: Milena vence Miss-Brasil Infanto-Juvenil

Milena Struck - Fotos: arquivo pessoal / divulgação autorizadaMilena Struck - Fotos: arquivo pessoal / divulgação autorizada

Lembra da Milena, que ficou em segundo lugar no concurso Miss Distrito Federal Infanto-Juvenil 2019 e estava sem dinheiro para participar do Miss Brasil Infanto-Juvenil, em Curitiba, no Paraná? Ela venceu e gravou um vídeo pra gente! (assista abaixo)

A eleição foi neste sábado e a menina de 10 anos do Núcleo Bandeirante, a 15 km de Brasília, conseguiu duas faixas: ficou em 1º lugar na categoria Traje Típico e em 2º lugar na categoria Traje de Gala.

“Estamos todos muito felizes com o resultado do concurso, principalmente por conseguir mostrar que crianças com deficiência podem e devem participar de qualquer atividade que elas tiverem vontade. Vamos continuar na luta pela inclusão social sempre!!!”, disse a mãe de Milena, Andressa Stuck, em entrevista ao SóNotíciaBoa.

“Milena nasceu com agenesia de antebraço esquerdo (ausência de parte do antebraço e mão esquerda)” e sempre ficava “chateada e fica triste com os olhares que a cercam”, contou a mãe. A autoestima dela melhorou depois que participou do projeto Fábrica de Talentos, na Escola Classe 04 do Núcleo Bandeirante, onde as crianças tiveram “aulas de postura, etiqueta social, fotogenia, passarela…tudo pra ajudar na autoestima e na descoberta de dons/talento”, lembra Andressa.

Felicidade

“Milena está muito feliz com o resultado, ela não esperava. Viu durante o ensaio geral que teve ontem pela manhã, que as outras concorrentes já possuíam várias faixas de concursos e ela está apenas começando sua caminhada”, revelou a mãe.

Mas felizmente deu tudo certo e depois que recebeu a faixa, a menina recebeu muito carinho.

“Ao final do desfile muitas misses de outros estados e muitos dos jurados vieram falar com a gente e parabenizar pela desenvoltura da Milena na passarela, pelo carisma e falaram pra ela nunca desistir, porque ela tem um futuro brilhante pela frente…”, contou Andressa.

“Estamos transbordando de alegria. E o principal objetivo foi alcançado até aqui: a inclusão!!!!”, contou.

Vaquinha

Como os pais de Milena estão desempregados, eles fizeram uma vaquinha virtual para bancar a ida da menina de Brasília para Curitiba.

“Pela vaquinha a gente não conseguiu o valor total, mas a gente conseguiu apoio de uma instituição de ensino, a rede La Salle, do Núcleo Bandeirante, onde a Milena estudou alguns anos atrás e teve que sair por causa da nossa situação financeira que caiu”, lembra a mãe.

“A escola viu a campanha que a gente estava fazendo e ajudou com apoio financeiro. Aí a gente conseguiu alcançar a meta. Com o valor pudemos pagar a inscrição do concurso. As passagens nós ganhamos”. conta.

Assim, a família foi junta para o concurso, em Curitiba.

Milena e os pais voltam para Brasília nesta segunda-feira, 1º de julho.

Assista ao vídeo da Milena:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.