Holanda apresenta 1º carro solar de longo alcance do mundo

Lightyear One - Foto: divulgaçãoLightyear One - Foto: divulgação

Um grupo da Holanda acaba de lançar o primeiro carro solar de longo alcance do mundo. É um veículo totalmente elétrico para quatro passageiros chamado Lightyear One.

O protótipo, que já vendeu 100 pedidos a serem entregues em 2021, foi apresentado a um público seleto de investidores, clientes, parceiros e imprensa na semana passada.

Ele foi crido por grupo da Eindhoven, cujo protótipo venceu o Bridgestone World Solar Challenge por três anos.

A Lightyear foi criada em 2016 após receber prêmios, doações e investimentos para que eles pudessem desenvolver seu protótipo funcional em apenas dois anos.

“Dois anos sonhando, pensando e trabalhando duro levaram a este marco, que é um grande passo para alcançar nossa missão de tornar a mobilidade limpa disponível para todos”, disse Lex Hoefsloot, CEO e co-fundador da Lightyear.

Como

O Lightyear One foi projetado usando princípios da física para produzir a máxima eficiência para o seu carro plug-in para obter “o máximo de cada raio de sol”.

Eles conseguiram produzir um carro de luxo para 4 passageiros que requer apenas metade do consumo de energia de outros carros de sua classe – com uma bateria de dois terços do tamanho de um Tesla S, mas proporcionando maior alcance, até 800 quilômetros (497 milhas) se dirigir em pleno sol.

“Ele pode ser carregado diretamente do sol, mas também pode ser plugado. Então, efetivamente, você carrega muito mais rapidamente a partir de qualquer tomada elétrica. Você pode carregar até 400 km (248 milhas) à noite a partir de uma tomada comum”, diz.

O carro

  • O carro é construído a partir de materiais de alta tecnologia para ter o menor peso possível, mantendo a segurança rigorosa dos passageiros.
  • O teto e o capô são compostos de cinco metros quadrados de células solares integradas em vidro de segurança, tão fortes que um adulto adulto pode andar sobre elas sem causar amassados.
  • O Lightyear One é propulsionado por quatro rodas acionadas de forma independente, de modo que nenhuma energia é perdida no trânsito do motor para a roda.
  • Além da energia solar, o Lightyear One pode ser carregado em uma estação de carregamento (rápida) ou em uma tomada comum.
  • Os testes de colisão ainda precisam ser realizados, mas eles estão ansiosos para colidir com um “pela ciência”.

Hoefsloot e sua equipe de engenheiros internacionais – alguns vindos da Ferrari e da Tesla – acreditam que, com os avanços nos carros solares, tornando-os mais baratos no futuro, eles podem causar um grande impacto nas emissões mundiais de CO2.

Preço

Como todo produto novo, o problema é o preço.

Os primeiros veículos de produção custam US $ 127 mil, quase R$ 500 mil. Mas os próximos modelos que a Lightyear planeja desenvolver terão um valor de compra significativamente menor.

Eles ainda precisam aumentar a produção do Lightyear One em suas novas instalações em Helmond, mas os compradores podem reservar um dos 500 veículos elétricos por uma taxa de reserva de € 119 mil – R$ 500 mil no site (com entrega prevista para 2021).

Com informações do GNN

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.