Maior usina de energia a partir do lixo começa a ser construída

Planta da Usina / China - FOTO: SHL ArchitectsPlanta da Usina / China - FOTO: SHL Architects

A maior usina de produção de bioenergia a partir do lixo começou a ser construída e deve começar a operar já em 2020.

Ela fica na cidade de Shenzhen, no sul da China, e tem a capacidade de processar cerca de 5 mil toneladas de resíduos por dia.

A nova instalação será capaz de transformar em energia um terço do lixo produzido diariamente pela população da região metropolitana de Shenzhen — onde vivem cerca de 20 milhões de habitantes.

A usina de Shenzhen vai capturar o calor gerado a partir da incineração de resíduos indesejados. Esse calor será usado para acionar uma turbina que gera eletricidade.

A planta também vai produzir energia solar, já que possui cerca de 40 mil m² de painéis solares instalados em seu teto.

Investimento

A China aposta na geração de energia a partir de resíduos.

O país tem mais de 300 plantas em operação.

O gigante asiático fez sua capacidade instalada de produção de energia a partir de resíduos crescer 26% por ano nos últimos cinco anos.

No mesmo período, os países da OCDE tiveram aumento médio de 4% por ano na geração.

Segundo o Conselho Mundial de Energia (WEC, na sigla em inglês), esse é um setor que terá valor de mercado de cerca de US$ 40 bilhões em 2023.

Com informações da Época

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.