Aberta temporada dos ipês amarelos. Abelhas agradecem! Vídeo

Foto: SóNotíciaBoaFoto: SóNotíciaBoa

Está aberta em Brasília a temporada dos ipês amarelos, que são a imagem da resiliência.

Eles florescem na seca, depois que a árvore fica sem folhas e parece morta. Mas não é só a beleza.

As flores do ipê amarelo atraem as abelhas – os grandes polinizadores da natureza – que estão ameaçadas pelos agrotóxicos, entre outros. (vídeo abaixo)

Pai dos ipês

Os ipês que enfeitam as ruas da capital federal foram trazidos para Brasília nos anos 70 pelo engenheiro agrônomo Francisco Ozanan Correia Coelho de Alencar.

Nascido no Ceará, ele veio para o Distrito Federal em 1969.

Francisco trabalhou por 40 anos do Departamento de Parques e Jardins da Novacap, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil.

Chamado por muitos como “o jardineiro de Brasília” ou “o pai dos ipês”, ele morreu em 2016, aos 72 anos.

Hoje a capital tem mais de 200 mil pés de ipês – dos tipos amarelo, roxo e branco – segundo a Novacap.

Este ano, a árvore se tornou símbolo do governo do Distrito Federal, na logomarca do GDF.

Origem

O nome científico Tabebuia, de origem tupi-guarani, significa pau ou madeira que flutua.

É denominada, pelos índios, de caxeta, árvore que nasce na zona litorânea do Brasil, cuja madeira íntegra (inatacável) resiste ao apodrecimento.

Assista ao vídeo feito pelo SóNotíciaBoa com as abelhas festejando a florada dos ipês amarelos este ano em Brasília:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.