Banheiro de bolso acaba com aperto. Dá pra fazer xixi até no carro

Foto: reprodução / Youtube / Banheiro de BolsoFoto: reprodução / Youtube / Banheiro de Bolso

Chega de passar aperto para fazer xixi. Um empresário brasileiro criou o “banheiro de bolso” chamado “Número 1”, que pode ser carregado por homens e mulheres dentro da  bolsa, para usar em qualquer emergência.

Trata-se de um envelope de 17 x 17 cm que você abre, como se fosse uma carteira, encaixa entre as pernas e faz xixi dentro do saquinho. Mulheres podem fazer de pé, se quiserem. E em casos extremos dá pra usar inclusive no carro, no meio daquele congestionamento.

O banheiro de bolso absorve até 700ml de urina. Por dentro, tem um manta de celulose reciclada que pode ser descartada no lixo convencional. Por fora tem um plástico biodegradável em volta que impede vazamentos e não deixa odores.

“Depois de usar é só descartar no lixo comum e passar álcool gel nas mãos”, ensina a página da empresa.

O criador

O “Numero 1” foi criado pelo advogado e consultor financeiro catarinense Flávio Boabaid, de 58 anos depois de passar um aperto durante um desfile de Carnaval do Rio de Janeiro, em 2006. Ele sentiu vontade de fazer xixi mas não havia banheiro por perto.

Três anos depois ele desenvolveu o envelope para absorver xixi. Em 2015 o produto ficou pronto e teve 60 mil unidades vendidas em 2018 com faturamento de R$ 70 mil.

O produto apresentado em eventos como o Mundial de Surf da WSL em Saquarema (RJ) e a etapa Brasil circuito de Triathlon Ironman, já está sendo usado pelo Exército, em Roraima.

“Número 2”

A experiência para criar o “Numero 1” foi aproveitada para fazer o “Número 2”, uma privada móvel para quem precisa fazer cocô e não tem um banheiro por perto.

O empresário criou “banquinho” dobrável com um furo no meio, onde deve ser colocada a sacola absorvente em forma de “V” que retém as fezes, a urina e elimina o mau cheiro.

Após o uso, a sacola deve ser enrolada e descartada no lixo comum. Já o banquinho pode ser desarmado e guardado para o próximo uso.

A “Privada móvel que pode ser montada em qualquer lugar e funciona mesmo sem água. É só montar a banqueta de alumínio e forrá-la com o N°2”, ensina a página da empresa.

“A sacola super absorvente em forma de “V” retém as fezes e a urina eliminando o mau cheiro. Após o uso, deve ser enrolada e descartada no lixo comum”, diz.

Preços

Um pacote do “Número 1” com 6 unidades é vendido por R$ 27.

Já o kits do “Número 2”, com cadeira e 5 refiz de sacolinhas Nº 2 custa R$ 225.

Veja como funciona:

Por Rinaldo de Oliveira, da redação do SóNotíciaBoa – com informações do BanheiroDeBolso e PEGN

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.