Jovem ativista recebe prêmio ‘Liberdade’ por defender o planeta

Foto: RFIFoto: RFI

Onde é preciso brigar pelo planeta lá está ela pra alertar sobre as mudanças climáticas.

Por isso a jovem ativista sueca Greta Thunberg, de 16 anos, recebeu no último domingo, 21, o Prêmio da Liberdade da Normandia, na França.

É o reconhecimento pelas ações da adolescente para conscientizar sobre a necessidade de atuar contra a mudança climática.

“A relação entre a urgência climática, as migrações maciças e a fome não estão claras para todo o mundo. Isso tem que mudar”, declarou Greta, de 16 anos.

O presidente da Normandia, Hervé Morin, ressaltou que a ativista “faz parte dessas figuras” que conseguiram que a luta contra a mudança climática fosse um objetivo “coletivo”.

Além de um troféu, Greta recebeu um cheque de 25 mil euros para promover sua iniciativa, em cerimônia na qual estiveram presentes dois veteranos do Desembarque da Normandia, em junho de 1944.

Mais de 100 propostas de todo o mundo foram analisadas pelo júri, formado por 60 jovens, que selecionou três candidaturas, a da ativista sueca, a do blogueiro saudita Raif Badawi e a do fotógrafo chinês Lu Guang.

Greta, que viajou até Caen de trem e não de avião, para mostrar que se compromete a limitar o impacto ambiental de suas viagens, discursará na próxima terça-feira em Paris na Assembleia Nacional, convidada por 162 deputados membros de um coletivo contra o aquecimento global.

Veja a cerimônia de entrega:

Com informações do R7

Espalhe notícia boa nas suas redes sociais. Siga o SNB no Facebook, TwitterInstagram e Youtube

 

O conteúdo do SóNotíciaBoa é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.